quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

O tal do PS3...

Bom.... daí que neste Natal o playstation 3 chegou por aqui e o Ricardo entrou para o mundo vicioso do videogame, quando digo vicioso, é vício mesmo, não por culpa do menino, coitado...esse vício já veio em sua herança genética e é claro que um dia iria aparecer e ele não teria como fugir...por isso que enquanto eu pude eu adiei o contato entre videogame e meu filho, mas o dia chegou e agora sobra para a mamãe chata aqui e esposa autoritária a função de administrar as horas em que pai e filho passam jogando...confesso que muitas coisas na nossa rotina melhoraram, uma vez que agora papai leva e busca o pequeno na garderie, pois seu horário de trabalho permite (fato inédito) e 5 e 30 da tarde os dois já estão em casa, Ricardo pedindo para jantar e tomar banho (fato inédito) e por volta de 7 da noite eles começam a jogar, mas é claro que tudo isso não seria assim tão fácil...para que ele possa jogar ele tem que ter se comportado "très bien" na escola, ter almoçado tudo e obedecido a professora...só assim seu direito de jogar lhe é concedido...bom, é claro que sei todo aquele blá blá blá de não recompensar o filho por uma atitude correta e tal, mas que jogue a primeira pedra a mãe que nunca chantageou seu filho para comer, ou ofereceu algo em troca de alguma atitude bacana da parte dele...enfim, depois de saber que meu filho está comendo salada de brócolis todo dia na escola só para poder jogar videogame em casa eu tô adorando essa nova tática...mas é claro que quando ele não se comporta bem, tem consequências...por exemplo nesta semana, após dois dias voltando para casa com adesivos de estrelinhas de bom comportamento, ontem foi um "daqueles dias", nessa hora agradeci a Deus por não ser eu quem foi buscá-lo, pois ouvir a professora dizer que foi uma "journée très difficile" não é nada agradável...ainda mais porque ela relatou que ele estava impossível e não fez absolutamente NADA do que ela mandava...após chegar em casa fui conversar direito com ele e ele me disse que não comeu nada do almoço pois detesta o tal "patê chinois", que brigou com a professora pois ela pôs o melhor amigo dele de castigo e ele foi tentar resgatá-lo e ela, obviamente, brigou com ele tbm...enfim, depois de tudo ele ficou de birra no canto da sala por um bom tempo...até o pai chegar para buscá-lo... Neste dia, é claro, não teve videogame, mesmo sob protestos...bom, até que este PS3 trouxe algumas coisas boas em nossa rotina, espero que ele continue fazendo milagres como o Rica comer verdura...pois assim eu posso começar a me simpatizar mais com o tal...
Ps: Estou preparando um super post para o aniversário de 1 ano de Canadá, que será daqui alguns dias...

Um comentário:

  1. Há males que vêm para o bem, heheheh...

    Beijos,
    Fabi
    http://depoisqueeudescobri.wordpress.com/

    ResponderExcluir