quarta-feira, 31 de março de 2010

Viva! O rica já tá indo para a Garderie!


Essa foto é da frente do nosso prédio aqui!


Esta semana o Ricardo começou na garderie, para ele foi muito bom, pois ele adora estar perto de crianças, ainda mais meninos da sua idade, no primeiros dias já fez vários amiguinhos, todos eles falam francês com ele o tempo todo, isso vai ser ótimo para ele aprender rápido a língua!Antes de irmos ensinei a ele os pedidos básicos, como pedir água, pedir p/ fazer xixi e cocô, bom dia, tchau e até amanhã! A professora me deu a impressão de ser bem carinhosa, no primeiro dia me relatou tudo o que aconteceu e disse que ele se comportou super bem, até tirou uma soneca depois do almoço que ele não comeu...essa parte é que me preocupa, vamos ver com tempo se ele aprende a almoçar direitinho todos os legumes e verduras que servem nas garderies, o lanche da tarde ele devorou, pois estava com fome, enfim, seu primeiro dia foi bem tranquilo!


No segundo dia ele almoçou apenas a salsicha de frango, mas comeu algumas frutas no lanche, está melhorando, vamos ver como será daqui p/ frente!


Confesso que senti um alívio enorme de ver ele bem, brincando, feliz, mesmo ficando das 8 da manhã às 17 da tarde na garderie, com pessoas que ele mal conhece, falando uma língua que ele não entende! me deu orgulho de ver ele tbm tentando vencer as barreiras do idioma e a cada dia tentando se adaptar mais e mais a nossa nova vida!


Apesar de termos gostado bastante da cidade, de tudo estar caminhando de forma positiva, confesso que não está sendo fácil, mesmo tendo pesquisado bastante, lendo blogs, comunidades do orkut, conversado com pessoas que já moravam aqui, tem algumas coisas que só sentindo na pele mesmo para saber!


Imigrar em pleno inverno canadense e não comprar um carro na primeira semana aqui foi bem complicado, ainda mais tendo criança! se fóssemos só nós dois provavelmente não teríamos sentido tanta necessidade de um carro, mas digo que paguei todos os meus pecados aqui nos primeiros dias saindo de ônibus com meu pequeno, o pior de tudo é acabar se atrasando nos "rendez-vous" por termos descido no ponto errado, e com neve caindo na cara, criança pedindo cólo, caminhar alguns trechos sobre o gelo escorregadio e a mocinha do Centre du phenix (curso de idiomas) olhar com aquela cara de reprovação e dizer um "desolé", não vou atender vcs. porque vcs. atrasaram 20 minutos do horário marcado, isso foi o óóóóóó!


Tiveram alguns dias que meu emocional ficou abaladíssimo, percebi a cara de pena da famosa Canita, que trabalha no Centro Multiétnico quando começou a conversar comigo sobre as dificuldades da imigração e eu desabei a chorar na frente dela, coisa que nunca faço em público! Coitado do meu marido que não sabia o que fazer na hora, pois estávamos apenas falando sobre o preenchimento dos formulários para os benefícios para crianças, reembolso de algumas taxas pagas e só porque ela citou alguns "perrengues" iniciais de todo imigrante a minha reação foi completamente inusitada! No final da conversa que acabou tomando outro rumo, ela acabou me consolando e contando toda a sua experiência de imigrante quando chegou aqui há 14 anos atrás!


Saí de lá rindo, porque percebi o quanto tudo isso mexeu com minha cabeça e só agora consigo entender o que as pessoas queriam dizer quando falavam na tal "montanha russa" de emoções que todos os dias acontece com a gente que começa uma nova vida em outro país! Um dia acordamos cantando feliz, amando a nova cidade, adorando o novo estilo de vida, no outro dia acordamos com aquela pergunta: o que é que estou fazendo aqui??? e assim vai...hoje foi um dia dos bons, alegres! solzão o dia todo, 10 graus, até um bando de patos imigrando para o norte (talvez fosse o sul, eu não tinha uma bússola na hora) eu vi quando voltávamos para casa, no céu é claro!! foi a primeira vez que vi isso na vida, ouvi aquela barulheira e perguntei, isso são gaivotas??? Richard disse: que gaivotas o que, são patos! e tbm foi a primeira vez que andei a noite na rua sem gorro e luvas! que alegria, bem que dizem que a medida que vai esquentando todo mundo vai ficando mais feliz aqui! deu vontade até de fazer um churrasquinho na sacada!





Passeio à cabane à sucre!


A cabane!



Esse foi o buzão que nos levou no passeio!


Espalhando o sirop na mesa coberta de neve!




Eu e Giselle experimentando o sirop!



A turma do fundão do ônibus!



Rica brincando com as crianças na neve!



Nossos vizinhos e amigos Gi e Ro!





Essa foi a farofa à sucre!


Domingo passado fomos com um grupo do MICC passear em uma das Cabanes à Sucre que existem aqui perto de Ville de Québec! Fomos com aquele ônibus escolar amarelinho, bem fofo! Este passeio é uma tradição para quem chega por aqui, pois serve para conhecer melhor os arredores da cidade e conhecer o processo de extração do famoso "sirop d ' erable", que é uma seiva retirada de uma árvore tradicional do Quebec, ela é colocada sobre uma mesa cheia de neve e cada um com seu palitinho faz seu próprio pirulito de sirop! É doceee, para o meu paladar doce até demais, o grande "esquema" é misturar bem com a neve da mesa e fazer um sorvetinho de sirop, daí sim fica bem gostoso, o que gostei realmente foi de comer panquecas com sirop, isso sim foi delicioso! Na cabane fizemos um super pic nic com vários amigos brazucas e tinha uns velhinhos organizadores do encontro que estavam bem animados, dançando e tudo! Havia imigrantes de todas as partes do mundo, mas maioria eram latinos!

Naquele dia eu estava com sorte, teve sorteio de latas de sirop e eu fui contemplada com uma latinha! Agora vou tratar de inventar receitas com o sirop para testar! O Ricardinho aproveitou bastante com as crianças, escorregou na neve, lá estava beeem mais frio que aqui! foi um passeio divertido!

































sexta-feira, 26 de março de 2010

36 dias de Ville de Québec!

Bom, depois de 36 dias em solo canadense, o que posso dizer é que estamos no caminho certo, estamos bem satisfeitos com o andar da carruagem, depois de muitas visitas a garderies de todo o tipo para o Ricardo, escolhi uma em Ste. Foy mesmo, em meio familiar, daquelas de $25,00 por dia, ele precisa mesmo se integrar com as crianças locais e aprender aos poucos o francês! A garderie fica numa casa grande, o espaço das crianças é completamente separado do espaço onde a família mora, tem um grande jardim com parquinho e ao todo são 10 crianças, se não me engano! O fato que gostei bastante foi que a maioria das crianças tem a idade do Ricardo, o meu maior medo é que ele ficasse só entre os bbs, por isso foi bem difícil a procura da garderie, todas as que eu tinha visto, a maioria das crianças eram bbs! Ele começa dia 01/04, vamos ver como vai ser a sua adaptação! Me matriculei no Mieux Être, farei a francisação em tempo parcial, caí na turma do intermediário junto com o Richard, só quero ver, nós dois na mesma sala!rsrsrsrs
O curso iniciará em 06/04, e eu estou contando os dias!!!
No mais, tudo está bem, Richard fez a semana de informação do MICC e gostou bastante, foi de segunda à quinta, a tarde toda, eu não pude ir pois não dava para levar crianças, ele elaborou o seu CV e teve toda a orientação de todas as alterações que deveria fazer para se adequar ao estilo quebecois!
Agora, é começar a correr atrás de emprego e estudar bastante, para podermos aumentar nossas chances aqui de uma vida um pouco mais tranquila no setor financeiro, afinal, no primeiro mês o $ realmente desce pelo ralo!

quarta-feira, 17 de março de 2010

tem cada maluco por aqui!


A quase 1 mês em Ville de Québec estou impressionada com a quantidade de malucos nesta cidade, toda semana me deparo com algum, e eles sempre vêm falar comigo, um dia foi na loja de brinquedos, tinha um senhor com o carrinho de compras vazio que ficava conversando com cada brinquedo que via, na verdade pela cara e pelo tom de voz ele estava brigando com os brinquedos da estante, e quando ele me viu veio falar comigo todo carrancudo e é claro que eu não entendi uma palavra sequer do que ele disse e dei o fora dali rapidinho antes que ele resolvesse brigar comigo também!


No Vieux Quebec, no dia em que fomos passear tinha uma senhorinha doidinha mexendo em cada lixo que via e de cada um ela tirava algo, estava toda arrumada de casaco de pele até os pés, sapatos de salto, mas era maluquinha, coitada!


No wall mart eu vi um que fiquei até com medo pois ele começou a me seguir, era jovem, por volta de 35 anos, mas parecia um psicopata, ainda bem que eu tava com Richard lá e quando fui contar que o cara tava me seguindo com cara de louco, meu marido me disse que a louca era eu!


Bom, não sei por que, mas aqui tem muita gente doida! será que tbm iremos ficar assim???


No mais, não vejo a hora de começar algum curso de francês, não posso mais perder tempo, na semana que vem farei prova no Mieux Être, mas só poderei começar nesta turma de abril se até lá tiver arrumado garderie pro Ricardo, caso não consiga, tentarei no Centre du phenix, se puder levá-lo comigo e deixá-lo na garderie que tem no próprio prédio! Quanto à francisação do governo, pelo jeito vai demorar, fui chamada para fazer o teste de nível só no dia 16/04, então provavelmente terei que esperar uns 3 meses para começar!


Nossa casa está semi-mobiliada, faltam algumas coisas, mas com o tempo iremos colocar tudo em ordem!


Ontem foi engraçado, fomos com um casal de amigos no Mc Donald's e encontramos mais alguns brasileiros por lá, todos conhecidos, motivo: promoção compra um trio e ganha outro, por isso tanto brazuca lá!!rsrsrs no final juntamos as mesas e só dava aquele conversê de brazuca no lugar! foi ótimo, pois acabei conhecendo outros amigos de blog: Alice, Paulo e Lucas que estão aqui desde agosto passado! A Alice é exatamente do jeito que eu imaginava, super querida, falante e prestativa! um doce de pessoa!


quarta-feira, 10 de março de 2010

Enfim, nossa casa!

Encontramos nosso novo lar, alugamos um apê em Ste. Foy num local muito bom, na verdade nosso novo cantinho é tudo de bom! Exatamente como queríamos que fosse, num prédio novo, com mercado, farmácia e comércio pertinho, pontos de ônibus tbm e o apartamento prontinho para morar, com peças grandes, todo pintado em cores neutras, Rica vai ter seu cantinho também, até bem maior do que esperávamos, ele vai poder fazer sua baguncinha espaçosa que tanto espera! E o melhor de tudo: ninguém morando embaixo para reclamar da "pulação" do meu canguruzinho ligado no 220! Ricardinho vai poder exibir sua performance favorita de tiranossauro Rex que durante as últimas semanas foi vetada!
Viu, Dinda, já pode marcar sua passagem para agosto, pois seu lugar já garantido, aqui!!
Mas claro que tudo isso tem um preço, e não vai ser barato não, iremos gastar um pouco mais do que o planejado, mas acredito que vale a pena para termos o conforto que teremos!
Já mandamos instalar as persianas, ontem compramos geladeira, fogão, máquina de lavar, secadora e microondas e hoje sairemos para comprar coisas pequenas para cozinha na tão famosa DOLLARAMA!
Ontem a noite, depois de um dia de maratona de compras, nossos amigos Márcio e Fernanda me levaram no WALL MART para comprar pratos, copos, panelas, talheres, lixeiras e outras coisas grandes da cozinha! Foi uma grande ajuda e dica excelente, pois encontrei tudo o que queria por preços bem acessíveis! e o melhor foi eles terem me dado uma super carona para levar todas as compras até nosso novo lar, uma boa economia de taxi!
Outra dica excelente foi a compra de nossa lavadora e secadora no "Frederic", que é uma loja de eletrodomésticos usados e pagamos a bagatela de $300,00 pelo conjunto das duas e estão em ótimo estado! e o Seu Frederic ainda dá garantia de 3 meses!
A geladeira compramos nova, pesquisamos e o melhor preço foi na Futureshop, do shoping Laurier, pois não cobraram a taxa de entrega, que aqui costuma ser bem carinha, normalmente em torno de $40 ou $50 dependendo da loja!
Enfim, hoje iremos a uma nova maratona de compras e amanhã iremos para nossa casa!Viva!! Precisamos dar um descanso aos nossos amigos Cris e Sandra que nos receberam muito bem, mas agora devem estar querendo um sossego!rsrsrsrs

sábado, 6 de março de 2010

A busca pelo apartamento definitivo!

























Na primeira semana resolvemos os primeiros documentos, NAS, seguro saúde (cartão chega em +ou- 3 meses) integração no MICC e iniciamos a busca pelo apartamento definitivo, apesar de poucas ofertas de imóveis livres nesta época, está sendo bem difícil encontrar o nosso novo LAR!


Quando gostamos do apartamento, ou ele é fora de mão para nós, que pretendemos estudar e ainda não temos carro, então devemos pensar em tudo, tem que ser próximo aos pontos de ônibus principais aqui de Québec, até porque andar com criança no frio de ônibus é bem complicado!


Outro apê que vimos bem localizado, fizemos a oferta e fomos "barrados" pela falta do famoso "histórico de crédito no Canadá", na verdade ficamos intrigados pois sabemos que neste prédio moram alguns brasileiros que tbm haviam acabado de chegar assim como nós, porém, mesmo oferecendo pagamento adiantado de 4 meses não conseguimos alugar...ou quando vimos algo muito legal, é só para o o1/07, o famoso dia da mudança.

Mas, acredito que em dois dias resolveremos este impasse, pois já temos outros em vista!

Nem tivemos tempo ainda de passear, nossa segunda semana aqui foi na função de busca e visitas a alguns imóveis, tiveram dias que perdemos a tarde visitando, pois de ônibus tudo fica mais lento, no sábado passado aceitamos o convite de um brasileiro muito querido que nos convidou para fazer um tour pela cidade, o GIL, conhecemos ele aqui mesmo, no dia em que fomos fazer o NAS e ele já mora aqui há 10 anos e está completamente adaptado e feliz! Foi um dia bem agradável, visitamos o centro da cidade, o Vieux Québec e almoçamos num lugar bem aconchegante e gostoso! Ele foi com a namorada Quebecoise que tbm foi super simpática conosco e foi bom para treinarmos nosso francês!


Ricardinho está muito agitado, foi uma semana bem estressante para ele e como tem coisas que ele ainda não entende, pois é muito novinho a forma que ele demonstra seu desconforto é fazendo manhas, fazendo bagunça em horário impróprio e ficando impaciente com toda essa situação!

Fico com meu coração partido, pois há 15 dias que chegamos e não abri todas as malas, apenas o essencial para usarmos no dia a dia, ainda não conseguimos achar um lar e ele sabe que não está em casa, apesar de às vezes se esquecer disso e usar a casa de nossos amigos como se fosse sua!rsrsrs

Impossível de estabelecer uma rotina numa situação dessas, coisa que para uma criança é fundamental e ele acabou absorvendo todo nosso nervosismo e está ligado no 220 e completamente fora de seus eixos normais!

Passamos a semana brigando com ele e eu estou com peso na consciência terrível por esse motivo! mas de alguma forma irei compensá-lo dando a ele toda minha atenção e carinho neste fim de semana, até porque até segunda -feira estamos de mãos atadas no assunto "apartamento"!

Mas de uma forma geral tudo está correndo bem, dentro do que esperávamos nos primeiros dias, de acordo com o que conversamos com vários imigrantes que chegam aqui, o prazo para conseguir o apê definitivo é de duas semanas a 1 mês, então estamos dentro do normal, mas pelo fato de estarmos na casa de amigos a pressa é bem maior!

Gostei muito da educação do povo daqui, estamos sendo bem tratados pelos quebecas, desde a caixa do supermercado até nos órgãos públicos, apesar de termos que marcar "rendez vous" para tudo, eles são super cordiais e educados!

Ontem conheci meus amigos de orkut e blog, Fabiana, David e família, Gisele e Rogério e a amiga deles Luciana! Foi uma tarde bem legal, deu para dar uma relaxada e conversar bastante sobre tudo! Aliás estou tendo uma grande ajuda deste pessoal para achar o apartamento, estão me dando dicas ótimas! Agora falta conhecer o casal que já considero meus amigos há meses, o Ricardo e a Caia, Richard já se encontrou com eles, mas devido a esta semana turbuladíssima eu não tive tempo ainda nem de ligar, mas não vão faltar oportunidades, assim que tivermos no nosso novo LAR, nós organizaremos um super encontro!