quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Natal!
















Este ano foi a primeira vez que passamos o Natal longe da família, no início de dezembro eu fiquei meio triste, realmente morrendo de vontade de ir p/ o Brasil, com saudades da família, das minhas amigas, da comida, de ir para praia, de estar entre os meus e de rever todos que tanto amo. Mas, este ano resolvemos ficar por aqui, decorei a casa, montei pinheiro, Rica chegava todos os dias da escola cantando musiquinhas de Natal em francês, nós aqui realmente entramos no clima do Natal, a cidade fica maravilhosa nesta época, os pinheiros naturais aqui perto de casa todos cobertos de neve e com luzes coloridas, casas enfeitadas, realmente tudo lindo! No dia 05/12 fomos assistir à chegada do Papai Noel no centro da cidade, um desfile muito bacana! O mês inteiro foi iluminado pelo clima do Natal! E no dia 24, alguns amigos vieram aqui em casa para comemorar o Natal, foi muito gostoso e agradável, Rica brincou bastante com sua amiga Rebecca e conseguimos fazer uma ceia e uma noite bem especial! Para finalizar este ano e fazendo um balanço de 2010: somente tenho o que agradecer, nem parece que chegamos aqui no início do ano com apenas 9 malas e muitos planos, neste ano conquistamos muitas coisas, hoje posso dizer que o francês realmente entrou na minha cabeça, após concluir a sessão de outono do Francês Língua Estrangeira lá na ULaval e as mãos cansadas de fazer redações e textos em francês, após 3 semanas de provas posso dizer que sim, eu falo e escrevo em francês,rs. Mas, o caminho é longo e como nada é suficientemente bom comparado ao francófono de nascimento eu vou continuar o FLE na sessão de inverno, até porque foi muito legal, posso dizer que foi divertido voltar a estudar numa universidade, bem diferente daquela que fiz minha graduação em Direito...na Laval pude conhecer um pouco do mundo dos jovens daqui, fiz amizade com canadenses, na minha turma vários eram da parte inglesa e caiu por terra o que eu pensava sobre os canadenses do lado de lá, tenho uma amiga "de verdade" de Toronto e ela é a simpatia e o "calor humano" em pessoa, para quem é imigrante sabe muito bem o que estou falando sobre amizade com os locais..o Ricardo vai super bem na garderie, no fim do ano recebi uma avaliação e ele foi muito bem em quase todos os aspectos, a professora foi só elogios, e ele está muito bem adaptado aqui, aquele medo do inverno já passou, no começo eu sofria de ver a profe. levando as crianças todos os dias para fora, no parque com qualquer tempo, chuva, neve, frio...mas posso dizer que no Brasil o Rica ficava bem mais resfriado que aqui, na verdade aqui ele nunca fica doente e isso é uma bênção! O Richard que andava meio perdido no que ia fazer superou todas as nossas expectativas, no fim de dezembro recebemos uma excelente notícia com relação ao trabalho, mais tarde entrarei em detalhes, mas posso afirmar que ficamos imensamente felizes e eu aliviada por saber que ficaremos em Ville de Québec por um bom e longo tempo! Enfim, só tenho a agradecer por mais essa conquista! Terminaremos este ano de 2010 felizes e prontos para uma nova caminhada, cheios de energia e determinação para que 2011 seja repleto de alegrias tbm! Aos leitores do blog eu desejo um MARAVILHOSO 2011 e que vcs. conquistem todos os seus sonhos!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Visita do programa Éconologis!


Esta semana recebemos a visita de um conselheiro e de um técnico do programa ÉCONOLOGIS, eles fazem parte do Vivre en Ville que é um organismo mantido pela "Agence de l' efficacité énergétique" que criou este programa. Na visita, que é gratuita, o técnico faz uma inspeção em todas as janelas e portas da casa, verificam a vedação, por causa da calefação, verificam as torneiras, onde eles instalaram alguns "filtros"que reduzem a passagem da água quente, trocaram o nosso chuveiro (por um bem mais moderno, aliás), verificaram os eletros e nos deram inúmeras dicas de como utilizá-los e como economizar energia! Nas janelas dos quartos eles fizeram um isolamento de plástico, onde conseguimos perceber a diferença de imediato, uma vez que agora nos sentimos bem confortáveis dentro de casa com a temperatura de 20 graus, antes nós deixávamos em 22 graus, pois devia haver algum vento entrando por algum lugar. Outro conselho valiosíssimo foi de como utilizar o umidificador de ar, antes eu deixava ligado a noite toda, pois realmente nos sentíamos mal se ficasse desligado muito tempo, o técnico nos orientou de abrir a janela da sala e ligar o exaustor ao mesmo tempo por 5 minutos para circular o ar e equilibrar a umidade, ele disse que assim o ar renova e o frio não entra dentro de casa, apenas sai um pouco do calor (antes eu abria a janela (sem ligar o exaustor) e deixava uns 40 minutos o ar circulando, e com isso eu gelava a casa inteira, rs!

Para controlarmos a temperatura e a umidade dentro de casa eles nos deram um termômetro digital que tbm nos diz a temperatura externa. Eles nos deram tbm lâmpadas frias que reduzem o consumo de energia (até pudemos escolher entre a branquinha e a amarela (mais bonita).

A visita durou 1 hora e 30 minutos, foi bem interessante e achei a idéia muito legal! O requisito para receber esta visita é pagar a Hidroquébec em separado, uma vez que muitos contratos de aluguel aqui a eletricidade já está inclusa no valor do aluguel (não é o nosso caso) e tbm um lance com o revenu anterior, eles pediram para mostrarmos algum comprovante do revenu 2009. Quem tiver interesse na visita pode ligar p/ o número 418-523-5595 ou entrar no site http://www.vivreenville.org/!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

A neve já chegou por aqui!













Estamos quase no fim de novembro e há 10 dias a neve começou a cair, tivemos muita neve no fim de semana passado, chuva no início da semana, a tal "verglas" que é uma chuva com neve que deixa TUDO congelado, realmente um perigo para sair de casa de carro ou a pé, eu não tive escolha, 3 x na semana sou eu que levo o Rica para a garderie de carro, depois volto p/ casa, pois só tenho aula de tarde nestes dias, nos outros dois dias eu saio cedo e vou de ônibus p/ a universidade, então tive a experiência de dirigir na tempête de neve e no mesmo dia ainda sair de bus no meio de uma verglas...realmente é impossível andar na calçada, pois vira uma placa de gelo hiper escorregadio, não é à toa que esta semana inúmeras pessoas tiveram quedas com direito a fraturas e tudo, o jeito é ir pela grama que fica coberta de neve mesmo, é mais seguro! E na rua, dirigir super devagar é obrigatório, até porque com toda a neve caindo e cobrindo tudo fica difícil distinguir onde começa a rua e onde acaba a calçada, somando-se ao fato de o carro estar cheio de gelo e neve tbm...realmente uma aventura!

Eu e marido já temos nossos patins de gelo, estamos indo todo fim de semana patinar na pista que tem aqui no Centro de Lazer de Sainte-Foy! O Rica até tentou andar de patins, mas não é tão fácil e como ele não se animou muito, ainda não compramos o dele, achamos melhor comprar um "trenó" para ele escorregar no gelo, ele adorou e realmente se divertiu escorregando nas montanhas de neve, ele achou o máximo!

Esta semana já decoramos nossa casa para o Natal, montamos o pinheiro, ele se encarregou dos enfeites e de colocar a bota do papai Noel na porta de casa! Comprei o calendário de Natal (aquele que abrimos uma janelinha por dia e em cada uma vêm um chocolatinho e uma figura de Natal diferente) tudo isso é muito gostoso, pois criança adora fazer essas coisas e se empolgam mesmo, ele chegou a ficar uns 5 minutos olhando fixamente para uma imagem do papai Noel voando no céu em seu trenó, e eu olhando para ele tentando advinhar o que passava na cabeça dele, ele devia estar com a imaginação a todo vapor, essa fase onde a criança acredita nas fantasias é uma delícia! Ele lá sonhando com o Natal, Papai Noel e seus duendes...e eu mergulhada nos livros e dicionário, pois estou em semana de apresentação oral de trabalhos, prova de redação e início das provas de final de sessão! Como é bom ser criança!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Um pouco de mim!

Entrando na onda de um blog que eu acompanho sempre, o http://http://carlaabra.blogspot.com/, eu resolvi contar tbm um pouquinho de algumas curiosidades e esquisitices a meu respeito (Mariane), o que não são poucas e talvez não interesse a quem possa estar lendo, então, se não te interessar, pode parar de ler por aqui! Aos que continuaram a leitura, seguem aí:

Adoro filmes de terror, principalmente aqueles que tem espíritos, casos de "exorcismo", essas coisas...normalmente eu assisto e na hora só me divirto, mas depois o bicho pega, eu fico martelando o assunto e as imagens na minha cabeça, buscando explicações (alguns desses filmes a história é verídica) e quase me pélo de medo, não consigo dormir e fico impressionada durante semanas...mas me pergunte se eu consigo parar de ver filmes assim??? nunca!! eu até prometo, digo que não vou mais assistir, tento assumir que sou medrosa, mas a curiosidade é tanta que chego ao ponto de assistir um filme assim, sozinha, de madrugada, em pleno dia das bruxas, quase no escuro, de tanta curiosidade que tenho e interesse pelo assunto, o difícil é esquecer o filme depois...é realmente uma auto-tortura!

Outras coisinhas: eu simplesmente detesto leite, acho que nunca tomei na vida (após o desmame, que ocorreu aos 4 meses, segundo minha mãe), tenho uma aversão enorme, não posso nem sentir o cheiro e nunca tive coragem de experimentar alguma mamadeira antes de dar ao meu filho quando ele era bebê, em compensação moro numa casa de bezerros (marido e filho amam leite). Mas, sou completamente viciada em chás, pode ser de qualquer coisa, posso tomar o dia todo, pode ser gelado, com limão, ou quente... adoro todos, troco qualquer bebida por um belo chá! Não gosto de sopas, até já tentei aderir, por vir de um lugar frio, minha mãe SEMPRE fez sopas, mas não adianta, eu não consigo gostar! Adoro cozinhar, apesar de nem sempre dar certo o que eu estou tentando fazer, mas eu gosto assim mesmo, desde separar os ingredientes, até arrumar a mesa toda bonita é um dos meus passatempos preferidos! Chocolate chega a ser um vício, item indispensável dentro de casa, se eu não comer posso sofrer crises de abstinência!

Sou uma pessoa "boazinha" de uma forma geral (tem gente que pensa que sou brava), mas pise no meu calo uma vez sequer para ver o que acontece???? Quando eu pego birra de alguém, daí não adianta...às vezes a pessoa nem fez nada de muito errado comigo, mas se eu peguei birra, daí já era...quando faço amigos verdadeiros, são para sempre, eu me entrego, me dedico, cultivo e acredito no valor precioso de uma amizade verdadeira!

Outro ponto interessante: eu nunca quis casar até conhecer o meu marido, eu achava que ia ser aquelas mulheres que investiam tudo na carreira, sem me prender a nada, nem ninguém! Mas eu SEMPRE quis ter filhos, não sei como eu iria resolver esta questão se ficasse solteira, ainda bem que mudei de idéia depois!rsrsrs

Adoro ficar em casa, principalmente aqui, com este friozinho lá fora, acho muito gostoso ficar com a família dentro de casa, no maior "aconchego do lar"!

Não gosto de ficar de sapato, em lugar nenhum, cresci tirando o sapato depois de entrar dentro de casa (costume canadense e japonês tbm), fiz isso a minha vida toda, então não estranhei quando cheguei aqui, outra coisa que não consigo usar dentro de casa é relógio, não sei por que, mas quando eu entro em casa, depois de tirar sapato e casaco eu corro tirar o relógio, chega a ser automático!

Eu realmente preciso ter uma plantinha em casa, nem que seja um pé-de-feijão plantado num copo plástico, acho que a planta transmite paz e alegria e para ser o "meu lar" preciso da plantinha ali me olhando e eu olhando para ela!

Outra coisa meio esquisita é que não gosto de surpresas, nem as boas, não gosto de ser surpreendida, gosto de saber com bastante antecedência tudo o que vai acontecer, para poder me planejar e me preparar psicologicamente, sabe aquelas coisas de filme em que o marido prepara uma viagem supresa de 30 dias num cruzeiro para a mulher e ela só descobre quando está chegando no aeroporto, (já com as malas feitas por ele ou por empregados)?? Eu iria detestar e ficar p....da vida, não gosto de surpresas nem deste jeito, imagina, eu, não poder nem escolher o que levar, escolher como será a viagem, para onde iríamos....ainda bem que meu marido me conhece e não faria uma "crueldade" deste tipo comigo!

Bom, eu poderia escrever um livro com todas as minhas esquisitices, mas agora eu passo a bola a outra pessoa? e vc. o que tem de esquisito??


segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Halloween!














































Ontem foi nosso primeiro Halloween aqui no Canadá, quase nevou, caíram alguns floquinhos de neve aqui em Ville de Québec que derreteram antes de chegar ao chão, nem deu para chamar de neve, pois foram só uns 10 minutinhos e só....já nevou em Montréal, Gatineau,Halifax, Sherbrooke e aqui ainda não...melhor assim, rsrs

Para o Rica aproveitar toda essa "agitação" do Halloween, fomos a uma festa no quartier La Haute-Saint-Charles, eles fecham 2 ruas do bairro e fazem uma super festa, com cenários, distribuição de doces para as crianças, todo mundo vai caracterizado, eles distribuem comidinhas como bolinhos decorados, tinha várias brincadeiras e os bombeiros estavam distribuindo água mineral. A festa começou as 6 da tarde e saímos de lá as 9 da noite, já estava quase acabando, mas foi bem divertido, apesar de estarmos a 0 graus à noite, estava agradável ao ar livre! Vimos cada figura! O pessoal capricha mesmo, as casas tinham até fundo musical de "horror"! O Ricardo se divertiu bastante e adorou voltar para casa com seu baldinho recheado de doces!

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

O inverno está chegando!


Calma, calma! Ainda não começou a nevar não, esta foto é de fevereiro/10, quando chegamos aqui! Apesar de termos tido várias previsões da primeira neve aqui em Québec nas últimas semanas, a dita cuja ainda não deu as caras...melhor assim, pois iremos conviver com a neve nos próximos 5 meses, então quanto mais demorar a chegar, melhor! Nas lojas já podemos encontrar muitas roupas de inverno por preços bacanas, o bom daqui é que SEMPRE vemos roupas legais com preços bons, é bom comprar agora no início, pois depois fica mais difícil achar a roupa ideal, no tamanho e cor que vc. gosta, botas de neve também, achar uma bota bonita e de boa qualidade não é muito fácil, no seu número então...por isso esta é a melhor época! Amanhã é a festa de Halloween do Rica na garderie, ele já vai sair de casa fantasiado, depois posto fotos de como foi a bagunça!

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Para quem pensa em ter filho no Canadá!


Quando estava ainda no Brasil participava mais ativamente de comunidades e fóruns de discussão sobre diversos assuntos relacionados ao Canadá, ao Quebec principalmente, e sempre ouvia "coisas escabrosas" a respeito do sistema de saúde e alguns casos de grávidas que preferiam ir ao Brasil para terem filho, pois tinham medo de fazer o parto aqui! Muita gente diz que aqui o parto normal é quase "obrigatório" e como tem muita mulher que tem pavor do parto normal, é claro que preferem ter filho no Brasil que é o paraíso da cesária!

Bom, depois que cheguei aqui, tratei de pesquisar mais, conversar com quem já teve filho aqui, até porque eu pretendo ter meu segundo filho por estas bandas, conversei com 4 mulheres que passaram pela experiência de ter o filho aqui e umas 3 durante a gravidez delas, tenho uma amiga que está grávida, aguardando os minutos para o filho nascer e eu acompanhei todas as etapas da sua gravidez e posso dizer que ela teve um atendimento excelente do início ao fim da gestação, fez vários cursos oferecidos gratuitamente pelo CLSC, de pré-natal, cuidados com o recém-nascido, preparação para o parto, etc..ela conseguiu até uma doula para acompanhá-la no parto e não pagará nada por isso! (para quem não sabe, a doula é uma mulher especializada no pré-parto, ela ajuda a gestante momentos antes da hora H, na respiração, alguns truques para aliviar as dores das contrações, acalma a gestante, faz massagem, conversa com ela, com o pai tbm), sei que no Brasil com a "moda" do parto humanizado a doula voltou a entrar em cena, mas cobrando seus honorários não cobertos por plano de saúde algum.

Essa minha amiga teve acompanhamento médico, nutricional ( ela ganhou ovos, suco de laranja e vitaminas semanalmente) e acompanhamento psicológico. Teve visitas de uma enfermeira várias vezes na sua casa para esclarecer dúvidas sobre a gravidez e sobre o bb! Até agora com todas que conversei não ouvi reclamações, exceto de uma outra grávida que conheci que teve alguns contratempos pois aqui eles são preocupados até demais com algumas anomalias fetais e como aqui o aborto é permitido eles querem investigar a fundo se o bebê é completamente saudável para que a mãe tenha plena consciência da escolha de ter o filho ou não e com esse cuidado excessivo os médicos acabaram "pondo minhocas na cabeça" desta mãe por causa de uma leve desconfiança sem fundamento da hipótese de a filha dela ter síndrome de down, mas duas semanas depois ela fez o exame chamado "amniocentese" que descartou o problema, mas imagina a cabeça e o emocional desta mãe nestas duas semanas??? Fora que este exame é super evasivo, pois tira sangue do bebê ainda dentro da barriga da mãe...mas tirando isso só ouvi histórias felizes, normais, mães que queriam parto normal, mas não tiveram dilatação e tiveram que fazer cesária, mães que queriam parto normal e conseguiram, mães que já tinham feito cesária do primeiro filho e puderam optar por fazer a cesária novamente...enfim, nada muito diferente do que já vi no Brasil quando tive meu pequeno, a diferença é que aqui o sistema de sáude é público! Diante disso, eu, que sempre fui a favor do parto normal a menos que ocorra algum problema que impeça esta forma natural de ter filhos ou seu filho esteja em risco, me sinto segura em ter filhos aqui, até porque se eu me apavorar e mudar de idéia na última hora, poderei escolher a cesária,hihihihi (porque já fiz uma, não tive outra opção)

Bom, quem ainda estiver aí e pretende ter filhos aqui aconselho a não encucar com este assunto, pois não tem motivo para isso, até porque se vc. não gostar do médico que está acompanhando sua gravidez ou achar que ele não está dando a atenção que vc. merece, vc. pode mudar de médico e isso é rapidinho, é só solicitar ao hospital onde vc. terá o filho (vc. que vai escolher) ou pedir uma indicação de outro médico para uma conhecida e mudar, do mesmo jeito que vc. faria aí no Brasil!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Estômago!







Se existia algo que nos fazia muita falta aqui no Canadá eram aqueles salgadinhos bem brasileiros, como coxinha, pastel, esfiha, essas coisas, eu particularmente ADORO!!

Para quem mora aqui em Québec, seus problemas acabaram!! A Suzana e o Jeison, nossos amigos, estão fazendo e muito bem estes petiscos deliciosos (estes das fotos foram eles que fizeram)! Ela começou a fazer coxinha e nós fomos os cobaias experimentando e posso dizer sem sombra de dúvida que a coxinha dela é perfeita! O pastel então, bem aqueles de feira que adorávamos comer no Brasil! Eles estão aceitando encomendas e cobram $35,00 0 cento, acho que o preço está excelente! Quem tiver interesse pode me enviar um recado com o email que passo o contato deles!

A esfiha da foto foi obra de arte minha tbm, ajudei na montagem e no recheio, um dia eu chego lá...rsrsrs

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Mais outono!

Esse bosque fica a menos de uma quadra da nossa casa!!

















Exposição de Halloween no Plaines d' Abraham!





quinta-feira, 30 de setembro de 2010

O outono!


A nossa rua começou a mudar de paisagem!


A escola do Rica já está decorada para o Halloween!


O outono já chegou por aqui e realmente a paisagem está ficando maravilhosa! As árvores estão coloridas, mudando aos poucos as cores para o vermelho, algumas amarelas, várias folhas caídas no chão, parece filme! Aqui realmente as estações são bem definidas e sentimos a mudança no dia-a-dia! A garderie do Rica já está decorada para o Halloween e cada vez que chegamos lá, ele dá uma paradinha para olhar a janela decorada, ele acha o máximo!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Québec de mulher para mulher!


Bom, este post é mais voltado às mulheres, pois somos nós que temos que nos adaptar à nova vida aqui no Canadá sem as regalias que tínhamos no Brasil, como manicure toda semana, salão para fazer reflexo no cabelo, uma escova decente....sem contar que aqui nossa vida social é bem restrita (estou falando da minha, em particular) então de uma forma ou de outra temos que encontrar uma solução e estarmos dispostas a nos arrumar em casa mesmo, tentando fazer tudo sozinhas!

Com relação à manicure, no Brasil eu jamais consegui fazer minhas unhas sozinha, para mim era uma tarefa praticamente impossível por uma questão mesmo de coordenação motora...admirava mesmo quem conseguia fazer a mão direita...antes de vir pra cá preparei um kit faça vc. mesma, com um estoque enorme de esmaltes (ainda bem, pois aqui esmalte é caro, nada de risqué ou colorama de 2 reais não) e quando cheguei aqui comecei o treino bem de leve, naqueles dias em que não estava com pressa eu fazia as unhas, as primeiras foram bem precárias, mas a medida em que ia pegando a prática descobri que posso dar conta do recado sozinha, lógico que não dá para exigir muito no quesito tirar cutículas, pois neste aí ainda sou amadora, mas para pintar até que dá para dar uma enganada!

No verão eu estava bem empolgada, fazia as unhas toda semana, mas agora com este friozinho e chuva e a correria com a faculdade, estou mais preguiçosa!

Com relação aos cabelos, cheguei à Québec linda e loira, com cabelão compridão com reflexo de salão. ....massss, após 2 meses aqui, meu cabelo que cresce igual mato, já estava com uma raiz indecente, uma mistura de castanho e alguns novos frios brancos que ganhei com o stress de mudar de país...e agora???faz o que?? salão de beleza com bons profissionais? claro que tem aqui, e bastante! mas vai ver o precinho para retocar meu reflexo??!! Passa dos $100 dólares e pense gastar isso em salão de dois em dois meses num início de vida aqui, sem emprego, nada?! nem pensar....

Tentamos fazer uma experiência com minhas amigas quase profissionais Nayara e Pati, que realmente conseguiram fazer um reflexo no meu imenso cabelo, mas 1 mês depois tava lá...aquela raiz horrorosa...eu realmente precisava de uma solução rápida, prática e barata......daí resolvi cortar meu cabelo nos ombros e pintar com tinta mesmo...dei uma escurecida na peruca e acho que não ficou tão mal não, mas que dá saudades do meu cabelão loiro luminoso, isso dá!


Para cortar não é tão caro não, dizem que gasta-se uns 22 dólares mais a gorjeta, mas nós aqui estamos no esquema faça vc. mesmo, o marido comprou um kit com máquina, tesoura, etc...e cortamos o dele, ele cortou o meu (só deixei porque ele é da engenharia, profissional em medidas e super minucioso) e eu corto o do Rica, faço em etapas, um dia é a franja, outro dia corto atrás...o cabelo do pequeno tenho que cortar de 15 em 15 dias, pois cresce e cai nos olhos em pouquíssimo tempo (quem será que ele puxou???) acho mais fácil eu mesma fazer do que ver ele pular na cadeira do salão tempo todo, ficar com o cabelo torto e eu ainda ter que desembolsar uma grana 2 x no mês!


Mas para tudo tem um jeito, com boa vontade a gente consegue se arrumar direitinho aqui, ainda mais que conseguimos encontrar aqui cosméticos ótimos, de qualidade excelente e com preços bons tbm! Ir na farmácia é uma tentação, confesso que às vezes passo de olhos fechados na frente, pois se entrar já era...tem muita coisa legal para comprar aqui e que custa 1/3 do que custaria no Brasil...


Agora pinto meu cabelo sozinha em casa, todos os meses, mal cortei meu cabelo nos ombros e ele já está compridão de novo, logo vou cortar....


Sinceramente não sinto tanta falta de salão de beleza aqui, claro que numa ocasião especial seria muito bem vindo, no Natal, por exemplo...quem sabe até lá eu tiro o escorpião que mora aqui no meu bolso e vou no salão!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Vivendo e aprendendo!

Ricardo p/ Mariane enquanto voltávamos da escola: "Mamãe, olha lá um "épouvantail"..

Mariane: "o queeee"?

Ricardo: Ali, "naquele mato" um "épouvantail"!!

Mariane (percebendo que ele estava falando em francês) : " Quoi????" Qu' est-ce que c' est?

Ricardo: " UN ÉPOUVANTAIL"!!! "En portugais, eu não sei o nome...

Mariane: Ahhh, um espantalho!! Então em francês é épouvantail! Bom saber...

Obs: Algumas palavras agora ele só sabe em francês, pelo menos consegui ensinar nesta ocasião como se chama em português...para não ficar tão chato, né?! Foi-se o tempo em que eu era a maior sabe-tudo para ele, sua fonte inesgotável de sabedoria...

Pior do que perder este posto é ainda ser corrigida pelo "professorzinho"!

mamãe é maison (on- nasal, difícil de fazer para nós latinos) e não "maisonnnn"

É mole?

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Despedidas doem!


Nas últimas semanas a nossa vida aqui foi bem agitada, dia 22 de agosto minha irmã chegou e no dia seguinte a minha mãe, durante 1 semana pude acompanhá-las em todos os passeios pela cidade e mostrar muitas coisas bonitas que nossa cidade oferece, foi minha última semana de férias e fechei com chave de ouro! Dia 30 começaram minhas aulas na Laval, mas como ainda era a primeira semana, estava tranquilo e todas as tardes eu pude tbm continuar passeando por aí, auxiliando nas compras e aproveitando o último suspiro do verão!
Foi muito bacana, num sábado viajamos a Montréal, paramos um pouco antes de chegar lá, numa cidadezinha chamada Boucherville, é onde fica um grande outlet multi marcas excelente para fazer compras, com lojas da Tommy Hilfiger, Adidas, Ikea e muitas outras...gastamos umas horinhas lá e fomos a Montréal! Bom, se deixasse poderíamos ficar o dia todo neste outlet pois vale mesmo a pena!
Não posso negar que é muito bom fugir um pouquinho da nossa realidade aqui e poder comprar o que quer, minha mãe veio disposta a nos dar muitos presentes e ela e minha irmã tbm fizeram a festa do Ricardinho que pode "lavar a égua" na loja de brinquedos,rsrsrs
Mas o mais difícil mesmo é dizer tchau, todo dia aqui em casa era aquela festa, muitas conversas, muitas risadas, refeições juntos, que nos fazem lembrar novamente o que é ter família por perto. Dia 04/09 minha irmã foi embora e a casa ficou mais triste, Rica ficou bravo, pedia para ela ficar p/ sempre, tadinho! Nesta última semana pude aproveitar mais um pouco do tempo com minha mãe, praticamente não saímos, pois choveu muito e fez frio, mas todo dia eu chegava em casa, tinha almocinho pronto e companhia para mim e Ricardo! Mas o dia 14/09 chegou e tbm chegou a hora de minha mãe partir, foi muito difícil dizer adeus e chegar em casa sem ela neste dia, foi difícil para nós três, ainda está sendo, mais por saber que tão cedo não nos veremos! Essa é a parte que pega, ficar sem saber quando será possível um novo contato físico, diferente do skype e telefone, mas a vida tem que seguir e as feridas devem sarar com o tempo, teremos que aprender a viver sem família por perto, faz parte do pacote "correr atrás dos sonhos"! Até o esquilo aqui da sacada se afeiçoou à minha mãe e vem procurá-la todos os dias, ela acostumou ele muito mal com as amêndoas....
Quanto ao meu curso na Laval, posso dizer que agora estou gostando, no início achei meio devagar, pensei em mudar de turma, fui até falar com a coordenadora do curso, pois as turmas ainda não estavam bem niveladas, muita gente na classe mal compreendendo o que a professora falava, mas depois de duas semanas os professores mudaram muita gente de nível e agora tudo está mais equilibrado, algumas aulas ainda me sinto meio entediada, pois queria mais desafio, queria falar mais, mas a única opção que tive foi mudar para turma avancé que teria aulas 2x por semana à noite, o que para mim seria impossível, pois o Richard trabalha todos os dias até as 10 da noite e não pode ficar com o Rica, mas mesmo assim, vida de universitário não é nada fácil, muitos trabalhos, deveres de casa para fazer que me demandam horas e horas do dia, a parte de gramática é bem puxada, muitos verbos diferentes daqueles que estamos acostumados a usar no dia a dia, muita redação e isso p/ mim vai ser ótimo!
Para ajudar na comunicação oral vou fazer os programas da sala de animação, onde vc. pode alguns dias da semana 1 hora por dia, conversar em francês com os quebecois que estudam lá na Laval sobre qualquer assunto, e assim treinar bem ouvido e pronúncia, pois eles estarão dispostos a corrigir os erros que estarão ouvindo! Vou começar isso na semana que vem, esta semana ainda estou desanimada com as despedidas, que, mais do que eu imaginava, doem demais!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

6 meses de Québec!

Dia 20/08 completaremos seis meses aqui! Foram seis meses de muito estudo, muito trabalho (principalmente p/ o maridão), seis meses de altos e baixos, dias em que sorrimos muito, dias em que choramos, neste caso eu, né?! desde a primeira semana...rsrsrs, mesmo sabendo que íamos passar por muitas coisas, só vivendo mesmo para se ter a noção exata do que é imigrar, deixar tudo para trás, chegar aqui com apenas algumas malas e começar uma nova vida...eu ainda continuo me deslumbrando com os lugares que conheço, com a educação do povo, com a segurança, com a honestidade do canadense (diga-se de passagem que não posso generalizar a todo mundo que mora aqui, pois já percebi que tem muito imigrante que vem p/ cá trazendo a dita "esperteza" de seu país de origem, subtraindo p/ si o objeto alheio, o que só faz é aumentar a má fama do imigrante aqui... mas no geral não sei mais o que é sair na rua e me preocupar com bolsa, com carro, com pessoas me seguindo..
É engraçado pois quando nós chegamos em fevereiro, não conhecíamos absolutamente NINGUÉM pessoalmente, nas primeiras semanas fomos conhecendo algumas pessoas, nos aproximamos de alguns, nos afastamos de outros, o primeiro mês não foi nada fácil para nós, muitas coisas para resolver, ainda tinha muita neve nas ruas, o tempo ainda muito instável...com direito a tempestades de neve e algumas portas fechadas... tivemos algumas decepções no ramo das amizades, absolutamente normal, sendo que ainda estávamos conhecendo as pessoas e elas nos conhecendo... e ninguém é obrigado a gostar de nós ou tratar meu filho bem só por educação ou para me agradar...maaaas, quem é mãe sabe, mexeu com meu filho é mexer com a onça de vara curta!rsrsrs
Confesso que depois de seis meses eu me sinto bem aqui, tenho amigos, que sei que posso contar p/ tudo, nas horas boas e horas ruins, sinto que estou no caminho certo, acabei de saber que fui aceita para fazer o curso na Universidade Laval, de Francês Língua Estrangeira para a seção de outono, as aulas começarão dia 30/08/2010, quem quiser saber mais detalhes do curso pode dar uma olhada no post do blog da Gisele que fez o mesmo curso na seção de inverno no início do ano e contou detalhes de como foi :http://gieroequebec.blogspot.com/2010_04_01_archive.html, e estou bem feliz que vou poder aperfeiçoar meu francês para iniciar 2011 procurando um emprego bacana para mim!
Já o maridão tá bem desanimado, volta e meia fala em mudar de cidade, pois percebe que em outros lugares as ofertas de emprego na sua área são bem maiores, ele ainda não se "encontrou" aqui em Québec, ainda não decidiu se vai fazer a equivalência de diplomas, se começa um curso de inglês ou outro curso...realmente está bem indeciso no rumo que vai dar a sua vida aqui, ele é muito imediatista e quer que as coisas aconteçam pra ontem, ainda é pouco tempo para estar com a vida estável, e vejo que ele se cobra muito nisso! Eu o entendo, pois é mais difícil para ele focar no que realmente quer fazer, sendo que 4o dias depois que chegamos ele já foi trabalhar e não pode abrir mão do trabalho, tem que dar o sangue todos os dias para podermos pagar as contas, daí é claro que fica difícil pensar em fazer somente o que gosta! Mas já combinamos que este ano vai ser assim, e 2011 eu corro p/ o mercado de trabalho e ele pode dar um rumo a sua vida aqui! Eu já avisei ele que não quero sair de Québec de jeito nenhum! Gosto muito daqui, Ricardo está suuuuper bem na nova garderie, seus amiguinhos o adoram, a professora é só elogios a ele, dá orgulho de ver! O francês então, cada dia uma nova expressão, cada dia umas 4 palavras a mais no vocabulariozinho dele, também ele tá tão familiarizado com a língua que em casa só quer assistir os desenhos em francês que passam na tv a cabo, ainda bem que sua amiguinha Ágatha tem um arsenal de desenhos em português para dividir com ele, para ele continuar aprendendo novas palavras em português..... Mas com relação ao aprendizado das crianças quero deixar bem claro que idioma NÃO É TÃO SIMPLES assim para as crianças como muitos gostam de afirmar, uma segunda língua não é aprendida por osmose, e sim com muita prática, uma fala bem clara e pausada e um pouco de didática, não adianta chegar p/ uma criança que não está acostumada com a língua e despejar aquele francês quebecois que nem nós que estudamos francês antes de vir p/ cá entendemos direito o que a pessoa tentou dizer! O Ricardo aprendeu muito com os desenhos animados daqui, onde as crianças falam corretamente (exemplo, o desenho Tchoupi e DouDou, que tem na seção gratuitos da Videotron e o Baby da mesma seção), pequenas expressões ditas com clareza, valem muito mais do que 8 horas por dia de um falatório quase incompreensível de uma marroquina que tem o francês de nascimento e mais 10 anos de Québec que cuidava dele na antiga garderie! Isso para uma criança de 4 anos não funciona, pois ele já tem muito domínio do português e se não entendeu NADA o que foi dito pela pessoa, ele vai ignorar e ponto final, no início ficava até muito irritado por não conseguir se comunicar direito na garderie! Crianças não são robôs programados para pensar assim: mudei de país, de casa, vou ter que estudar numa escola diferente, com pessoas e crianças desconhecidas, aprender outra língua e tirar tudo de letra como se fosse super normal...criança tem sentimentos, tem saudade, tem stress, tem preferências, tem seu tempo para se adaptar às coisas também, e vc. em meio a todo caos dos primeiros meses tem que dar todo carinho, amor, segurança que ela precisa para também querer começar esta nova vida aqui! Realmente seria muito bom se fosse verdade a tal frase que eu sempre ouvia antes de vir pra cá: "não se preocupe com a adaptação das crianças, elas tiram tudo de letra e não sofrem nada com a mudança", elas tbm sofrem com a mudança, claro que bem menos do que nós, ledo engano de quem pensa que elas não sentem, pelo menos o meu filho, com 4 anos já tem plena consciência que mudamos de país e de vida...mas hoje, após um tempo, vejo meu filho bem, integrado, feliz, querendo aprender mais e mais, mas não esqueceu ainda da sua antiga casa, dos amigos do Brasil, da família, de vez em quando me pergunta se poderá levar algum brinquedo daqui p/ casa, daí pergunto: de que casa vc. diz? estamos em casa...daí ele responde: nãoooo, da nossa casa lá em Curitiba, acho que talvez ele pensa que vai chegar um dia em que voltaremos à nossa casa, mas o assunto encerra-se aí, até porque ainda é cedo para eu dizer a ele: Brasil nunca mais, mas eu admiro isso nele, ele ter consciência do que ocorre a sua volta, afinal ele não é um robô programado para aceitar tudo o que for imposto a ele! Ele sabe muuuito bem o que quer desde cedo! Consigo enxergar muito positivamente nossos passos, pelo menos eu e o Rica já encontramos o caminho a seguir e estamos bem para podermos dar o apoio necessário ao marido ainda perdido! E assim termino o post com o trecho de uma música que veio a calhar: "Andar com fé eu vou....que a fé não costuma "faiar"!!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Curtindo as férias!


Bom, há mais de uma semana de férias eu estou curtindo demais estes dias livres e sem compromissos! vejam só que não fiquei um dia sequer sem me divertir, chego ao fim do dia cansada de tanta diversão (segue meu calendário individual de férias da semana anterior):

- segunda-feira: lavei todos os vidros de casa por dentro e por fora,

-terça-feira: passei aspirador na casa toda, incluindo aqueles cantinhos em que normalmente eu finjo que esqueci, pois tenho que levantar muito peso, como por exemplo embaixo do rack da tv...mas como desta vez eu não tinha pressa, não teve desculpa....e depois ainda fui passar o aspirador dentro do carro que há meses eu estava prometendo....

-quarta-feira: arrumei armários, separei roupas trazidas p/ cá em vão p/ serem dadas ou enviadas novamente ao Brasil ( p/ serem dadas lá p/ pessoas que realmente precisam)

-quinta-feira: limpeza completa do exaustor

-sexta-feira: caminhei por kilometros dentro do bairro depois de uma crise de "to uma orca assassina e deste jeito não dá mais",

hoje : segunda-feira: me enchi de coragem e testei o "easy off bang" para fogão e forno, produto altamente tóxico que te deixa prá lá de Marrakesh de tão forte que é...na verdade vc. deve espirrar o produto dentro do forno e fogão, deixar agir algumas horas e depois limpar...lembre-se sempre de abrir todas as janelas de casa e principalmente SAIR de casa enquanto o negócio está agindo, pois senão, após algumas horas vc. está literalmente drogada de tanto inalar o produto...após te-lo deixado agir por 5 horas, foi só passar um pano em todo forno e em alguns lugares uma esponjinha que ele ficou brilhando...mas como eu não fiquei estas 5 horas fora de casa...eu terminei o dia meio "grogue"...como diziam meus pais...

Não precisa nem dizer que estas férias estão sendo inesquecíveis, né?! vida chique essa, morando no Canadá... uma verdadeira "femme de ménage" ! Ainda bem que em algumas semanas irei receber visitas ilustres do Brasil, minha mãe e irmã estarão aqui e eu irei passear um pouco...

sábado, 24 de julho de 2010

Olha a cara do esquilo folgado!


Essa foto é do meu amiguinho esquilinho que alimentamos de vez em quando aqui na sacada, ele até hoje comeu tudo que pusemos para ele, desde sementes de girassol, amendoim, pedaços de pão, cookies amolecidos...bom, se ele pode comer essas coisas eu já não sei, espero que a Sociedade Protetora dos Animais daqui não me processe...mas esse esquilo e todos os filhotinhos que sempre aparecem aqui na sacada sempre dão uma paradinha p/ ver qual é o cardápio do dia! Neste dia da foto não havia nada p/ele comer, olha a cara que ele fez pedindo que eu tomasse alguma atitude!! Saí p/ buscar a máquina, voltei, tirei a foto e ele continuou ali parado esperando a bóia!

terça-feira, 20 de julho de 2010

Festival de Verão!











Nas últimas duas semanas rolou aqui em Québec o Festival d' été! No início do ano quando me perguntaram se eu iria aos shows eu logo disse: não faço questão de ir não, na verdade o único show que me interessava mesmo é o do Black eyed Peas, não que os outros não fossem bons, teve Iron Maiden, Rush, Dream Theather, Lara Fabian, Santana, entre outros...mas eu não sou fã de rock pesado e tbm sou mãe, teríamos que arrumar alguém para ficar com o Rica enquanto estivéssemos nessa maratona de shows! Até que na semana passada um casal de amigos nos presenteou com as "pulseiras" dos shows" e pudemos ir no show que eu realmente queria!

No fim das contas, após todos nos convencerem que poderíamos levar o Rica junto, sem problemas, que em todos os shows havia crianças, fomos a família completa curtir o Black Eyed Peas!

Foi muuuito bacana o show, nos divertimos à beça, dancei, cantei, pulei e aproveitamos do início ao fim! Foi emocionante ouvir do vocalista o agradecimento aos brasileiros que estavam no show (ele deve ter visto alguma bandeira do Brasil perdida lá no meio ou não sei como sabia que aqui em Québec moram vários brazucas), só sei que foi demais o show! Realmente havia muitas mães com crianças, carrinhos de bb, mãe amamentando bb novinho, tudo muito organizado, estava todo povo aglomerado, mas aqui cada um respeita seu espaço, não vi empurra empurra, não vi brigas, lógico vi muita bebida, maconha...mas ao mesmo tempo estava todo mundo em paz só curtindo o show, nem casal "se amassando" tinha! Fiquei impressionada com a educação do povo! Na volta, ônibus lotados, quase 2 horas para chegar em casa, Rica voltou dormindo, mas valeu a pena mesmo! Agradeço de coração aos amigos que nos deram as pulseiras e aos que nos ajudaram a cuidar do Rica (correr com ele no gramado até cansar) e a carregá-lo nas ladeiras enormes do Vieux Québec! São pequenas atitudes que mostram os grandes corações!

sábado, 10 de julho de 2010

Verão!

Nunca imaginei que fosse passar tanto calor aqui como tenho passado! Gente, esta semana fez 34 graus quase todos os dias com sensação térmica de 44, realmente está quente! O bom é que aqui é fácil aproveitar todo esse verãozão que tem feito! Opções de lazer não faltam, dia de semana após o curso todos os dias vamos na piscina do prédio, fico com o Rica lá até as 8 da noite (ainda com sol neste horário) ou quando não estou muito cansada o levo no Parc Saint Benoit que fica há algumas quadras daqui e tem uma piscina enorme pública e mais aqueles "chafarizes" que são esguichos de água saindo do chão que as crianças adoram (aqui as piscinas públicas são super limpas e dá p/ entrar sem medo), às vezes chego em casa tão cansada que me falta energia p/ sair novamente neste calor, mas temos que aproveitar, pois logo este calor vai embora! Para poder utilizar todas estas opções de lazer acabei comprando um maiô vovó, dos estilos daqui, fiquei com vergonha de usar meus biquinis brasileiros, apesar de não serem escandalosos, achei melhor não usar p/ passar despercebida mesmo. No mais, já estou em clima de férias, semana que vem temos provas na francisação e dia 15 o módulo termina.Na garderie do Rica essa semana todos os dias elas montaram piscininhas para as crianças e foi aquela festa! Esta foi a última semana do Rica nesta garderie, segunda-feira ele começa num CPE (Centre de la Petite Enfance) que é uma garderie subvencionada pelo governo, estou bem feliz, pois agora ele vai estudar realmente num lugar onde se possa chamar de escola, algo mais parecido com o que ele tinha no Brasil! Confesso que estou bem nervosa, tomara que dê tudo certo, que ele se adapte bem, pois minha verdadeira adaptação aqui neste país está dependendo disso! Este é um fator que ainda não foi resolvido para nós aqui, e está entre as prioridades, afinal ele passa quase 10 horas por dia na garderie, se não for um lugar bacana e ele não estiver feliz, para mim, pelo menos, nada mais importa!
Na outra garderie que ele estava apesar de gostar de algumas coisas e a dona ser uma pessoa bacana, boa profissional e carinhosa, ela viajou dia 25 de maio para o Marrocos e até agora não voltou! Deixou em seu lugar duas assistentes, uma que é um amor e a outra que além de ser mal educada, ainda é grosseira com as crianças e despreparada! Depois de ver muitas coisas erradas cada vez que ia buscar meu filho lá, me estressar horrores, um dia eu acabei perdendo a paciência com a falta de educação da moça e reclamei com a outra assistente boazinha que informou tudo à dona da garderie, depois deste dia ela até melhorou um pouco o tratamento, começou a ser educada comigo (até demais, por um instante me pareceu debochada) mas depois de tanto me estressar com ela em 1 mês e meio, dou Graças a Deus de não precisar mais ver a cara dela.
Estamos quase completando 5 meses aqui e temos muitas coisas a serem resolvidas, vou tentar entrar na Universidade, Richard tbm, espero chegar ao outono como um caminho traçado e mais tranquila, estes primeiros meses não foram fáceis, acho que o primeiro ano é o mais difícil mesmo, espero que sim!

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Meu primeiro aniversário no Canadá, Copa do mundo e festa de Saint Jean Baptiste!

Bagunça aqui em casa no jogo do Brasil!
Este foi o segundo dos 3 bolos de aniversário do dia!!

Empanadas colombianas no pic nic da francisação!


Nosso colega Robert (Romeno), exibindo um pedaço do pão delicioso que ele mesmo preparou!



PIC NIC com o pessoal da francisação!


Professora do Cégep!




Esta semana está sendo bem agitada por aqui! Domingo assistimos o jogo do Brasil aqui em casa com alguns amigos, foi divertido, com exceção à narração do jogo da Tv local aqui, que narra sem a menor emoção quando o Brasil faz gol, se vc. não está olhando diretamente p/ a tv vc. nem percebe que saiu gol, mas a animação ficou por nossa conta mesmo! Na segunda-feira foi meu aniversário, na francisação teve parabéns em vários idiomas, teve bolo, refri, ganhei um cartão maravilhoso dos meus colegas e professores e ganhei até presente dos meus amigos brazucas e companheiros da francisação, ADOREI!!! Neste dia, o Richard nem foi trabalhar, compramos um bolinho à tarde, buscamos o Rica na garderie mais cedo e comemoramos os três em casa! Recebi telefonemas de todas as pessoas queridas do Brasil e quando eu pensei que as comemorações já tinham terminado, recebi uma visita surpresa de três queridos amigos com mais bolo, parabéns e festa! Foi muito bacana!

No dia 23, para comemorar a festa de San Jean Baptiste (24/06 - Festa Nacional do Québec), fizemos um pic nic no parque com o pessoal da francisação e tivemos atividades de lazer organizadas pelos professores do Cégep, como se fosse uma gincana, teve jogo de futebol, queimada (caçador p/ o pessoal do sul), jogo de mímicas, etc...foi divertido a beça, o pessoal da nossa turma caprichou nos pratos do pic nic e comemos muuuuito bem!

Hoje, dia 24, amanheceu chovendo, tínhamos programado festejar o feriado nos parques maravilhosos aqui da cidade, mas não vai rolar, mas estou tão cansada que ficar em casa não é má idéia não! Ontem a noite aconteceu a grande festa do feriado, Richard chegou em casa tarde do trabalho e me disse que tinha muuuuita gente na rua, muita gente nos ônibus e dizem que é o dia em que todo quebecois enche a cara e sai nas ruas p/ festar! Eu realmente não tive a menor vontade de ir festar ou ver o show de fogos...fui é dormir cedo, depois de uma grande semana de comemorações!