domingo, 22 de novembro de 2009

3 x alegria e depois muita reflexão....


Este fim de semana aqui em Curitiba fomos visitar a Cris, prima do Richard que acabou de ter 3 bbs! são trigêmeos lindos, dois meninos e uma princesa, o Benício, o André e a Manoela! Ela além de ser prima, tbm é muito minha amiga, uma pessoa nota 10, mulher guerreira, inteligentíssima, trabalha com direito tbm e temos muitas idéias em comum! é claro, não vai ser fácil, três bbs em casa é trabalho mais do que árduo, tanto físico, mas principalmente emocional! mas tbm as alegrias vão ser triplicadas que sempre vão compensar tudo! Depois que voltamos da visita, por várias vezes eu e Richard viramos um pro outro e dissemos: Nossa!!! são três!....ou já pensou? três Ricardinhos em casa e eu me peguei imaginando euzinha nesta situação com 3 do meu Ricardo em casa em várias de suas fasezinhas de bb recém -nascido, ou naquela fase "não tire o olho senão já era" de 1 ano e pouco...e assim por diante! Nestas horas eu páro para pensar no quanto eu tenho que relaxar...confesso que sou completamente encanada com muitas coisas na educação do meu pequeno que em muitas situações perco o controle de tudo...penso que tô errando e é melhor deixar rolar mesmo...não deveria me estressar tanto! não adianta nós mulheres tentarmos ser 100% em tudo na vida...isso é de enlouquecer!!!! neste ano que está terminando, que não foi nada fácil para nós, por N motivos...eu me vi em débito em várias áreas da minha vida que considero prioridades...como por exemplo:



o trabalho: não me dediquei como deveria, não corri atrás o suficiente para que me desse o retorno financeiro desejado e planejado no início do ano, porém, em todos os casos que trabalhei eu dei o meu melhor...talvez o melhor que podia ter dado naquele momento...

o estudo: quando digo estudo quero dizer francês, tbm não me dediquei como deveria, não fiz todos os módulos que planejei, não dediquei todas as horas livres que tive para isso e me sinto completamente analfabeta no idioma!


marido: esse...coitado...foram tantas cobranças...tantos momentos de stress por causa do processo Canadá...todas as mudanças da data da viagem..., talvez eu deveria ter sido mais doce, mas parceira...menos neurótica.... lógico, que aqui só estou relatando os meus débitos, então nem vou entrar no mérito dos débitos dele...rsrsrsrsrs não é este o objetivo!


meu filho: para ele minha dedicação foi a maior, porém, sempre com aquela sensação de que eu deveria ter dado mais atenção a ele, naquele momento em que ele só queria minha companhia e eu por muitas vezes no computador ou assistindo os últimos capítulos da novela..ou no telefone...ou as vezes que ele acabou dormindo no sofá e eu não tinha escovado os dentinhos dele, ou naquele dia em que eu não tive a paciência de montar a pista completa do trenzinho por preguiça ou aquele dia em que ele almoçou somente um prato de miojo!!! meu Deus que culpa eu sinto!!! mesmo sabendo que na maioria das vezes faço o que é certo! o que citei foram casos esporádicos....


alimentação: essa então...meu Deus...que orgia alimentar este ano de 2009...não cuidei nem da alimentação, nem me exercitei como deveria...eu, que gosto tantos que coisas saudáveis, que há anos sou da linha arroz integral, saladas..frutas..., claro que no fim de semana sempre desencanei e metia o pé na jaca...mas a regra era a boa alimentação...não é a toa que me sinto hiper gorda...apesar de muitos acharem exagero da minha parte!


família: este assunto é delicado...passamos por momentos difíceis este ano, devido ao falecimento do meu sogro...então os pensamentos que vem são: podia ter feito mais....me doado mais p/ todos eles......preciso dar mais atenção à minha sogra, preciso ter mais paciência com minha mãe... não vale a pena discutir por bobeiras....preciso estar mais presente em tudo...nas reniões de família...nos encontros...afinal ano que vem estarei longe....


preparativos p/ a viagem: já era p/ termos alugado o nosso apê aqui...temos que fechar as contas....vender algumas coisas outras não...zerar os gastos p/ poder ir com grana pretendida...mas até agora nada em concreto!


Foi assim que terminei o mês de outubro, percebendo que não fui perfeita, nem de longe...como deveria ser em vários setores da minha humilde vida...e o que aconteceu??? o que ganhei com isso???

..... .......

...... .......


fiquei doente!!!!!!!!!!!!...no início de novembro eu tive uma série de coisas inexplicáveis...tonturas...insônia...mal estar...manchas na pele...meu cabelo caiu horrores...na verdade foram 10 dias mal p/ caramba...e eu sem saber por quê...


Depois de muito pensar, as respostas me vieram tão claras assim, como se fossem jogadas na minha cara: meu próprio comportamento e minha mente estão descontando no meu corpo tudo o que eu acredito ser culpa minha...e que na verdade não são..



É claro que é bom ter sempre em mente que devemos evoluir, tanto no trabalho, na família, nos estudos, na saúde...porém o que eu fiz comigo mesma foi cruel......eu entrei numa neura, num ciclo de "auto-sabotagem" que poderia ter sido muito pior se eu não acordasse a tempo!




Estou fazendo todo este desabafo porque com o tempo venho percebendo que nós, imigrantes, temos esta mania de cobrança, de achar que tudo poderia estar melhor se tivéssemos agido de tal forma...ou tivéssemos estudado mais...tomado outra atitude, etc...se estamos aqui neste barco...é porque já ralamos bastante...aqui no Brasil, trabalhando, estudando, pagando as caras taxas do processo...pesquisando...correndo atrás ou aí no Canadá onde a ralação é ainda muito maior, iniciar a vida num lugar completamente novo, começando do zero, isso já mostra o quanto de coragem, atitude, iniciativa, determinação temos mesmo que ainda não se tenha conseguido um lugar ao sol!


Chega de nos culparmos! chega de buscar o inatingível...não somos 100 % perfeitos e nunca seremos....fazemos o que achamos certo e errar é humano, é normal e aceitável e temos esse direito!




Eu vou terminar este ano de 2009 com a sensação de missão cumprida, de tarefa acabada...seja ela certa ou não....a minha parte eu fiz...talvez não seja eleita a mãe do ano...nem a esposa nota 10, muito menos a "garota do verão 2010" ( isso nem em sonho, rsrsrsrsrsr) mas não vou me culpar mais por algo que fugiu do meu alcance...algo que não existe!




Quando de repente eu me pego sofrendo de "culpa" por algo em algum momento, a partir de agora eu digo para mim mesma: relax...menina, não há motivo p/ isso! por isso resolvi deixar documentado meu relato, para que eu não me esqueça nunca disso...para que eu não volte a pirar e a adoecer novamente, porque nosso corpo absorve tudo o que temos em mente, se forem coisas boas ou não...



meu maridão, que é infinitamente mais calmo do que eu e mais relax vai adorar a mudança! tenho certeza! meu pequeno príncipe tbm...pois vai ter em casa uma mãe mais zen, menos encanada com a bagunça da casa, ou com horários certos para tudo...enfim, em tempos de preparação psicológica p/ a grande mudança, relaxar é imperativo, a mente tem que estar levíssima! muitas coisas virão pela frente e eu vou lutar por elas, se der certo de cara?? ótimo!!! se não der por um momento...calma, que tudo tem seu tempo certo! Temos que acreditar que tudo tem que ser como está sendo e termos consciência que não temos o controle de tudo!! senão a vida não teria tanta graça....!
Antes tarde do que nunca!




segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Roupas de inverno!

Eu e Ricardo viemos para Buenos Aires passar uns dias aqui com o Richard, que estava indo para Curitiba somente de 15 em 15 dias, chegava lá no fim de semana e passava tão rápido que mal tínhamos tempo para curtir e matar as saudades, então vim pra cá no dia 24/10 e ficarei até o dia 08/11 por aqui! Aproveitei esta oportunidade para dar uma olhada nos preços de roupas de inverno, na verdade de roupas de inverno canadense, roupas "especiais" e pelo que vi, realmente aqui tá bem mais barato do que no Brasil, consegui comprar as tais "segunda pele", que é uma camisa de pôr por baixo, feita com material especial que segura a temperatura corporal e de tecido respirável, por 35 reais cada uma, no Brasil sei que é quase o dobro do preço...tudo bem que existem várias marcas diferentes, se essa que comprei é boa só iremos saber em fevereiro, quando chegarmos lá e fizermos o "teste drive", compramos também uns casacos da marca Columbia, chamados de "Polar", que é de um tecido tipo "soft" que também mantem a temperatura corporal, por 150,00 reais cada, a do Ricardo foi 80 reais, estes preços são devido à conversão da moeda local, o peso, que nesta semana está metade do real, então ficou barato! Segundo o vendedor da loja, com a segunda pele, este casaco por cima e depois uma jaqueta impermeável poderemos aguentar a temperatura de -20,-25 por algum tempo, dependendo da pessoa, é claro, alguns são mais friorentos que outros...eu vi uma bota muito legal da Columbia tbm, não posso dizer que era linda, pois as botas de neve estão bem longe de serem lindas...rsrsrs, mas era até bonitinha, e vi que tinha uma etiqueta de -32 graus...daí fiquei em dúvida...e se fizer -40??? todo mundo só fala das botas -40....bom, como já tinha acabado o $ não comprei...mas tbm estava bem baratinha, acho eu, 280 reais...gostaria que meus amigos aí do Quebec, que já estão comprando e já sabem tudo a respeito, me dessem suas opiniões! ou quem quiser tbm, mesmo que não esteja no Quebec...rsrsrsrs